Histórico da Implantação da Profissão

 

Embora antiga, a atividade de administrador só recentemente ganhou contornos oficiais no Brasil. Foram necessários quase 25 anos desde a criação do primeiro curso no País, em 1941, até a promulgação da Lei nº 4769, em 9 de setembro de 1965, que instituiu a profissão de nível superior, pois, até então, seus profissionais eram Técnicos em Administração, denominação que transmitia conotação de formação escolar de nível médio. Ainda assim, a aspiração dos administradores só foi totalmente atendida mais de dois anos após a publicação da Lei, por meio da edição do Decreto nº. 61.934, de 22 de dezembro de 1967, que a regulamentou.

A exemplo de outras profissões liberais, a regulamentação da carreira de Administrador de Empresas previu a criação de um órgão responsável pela disciplina e fiscalização do exercício profissional: o CRTA - Conselho Regional de Técnicos de Administração. Sua missão, no entanto, era mais ampla: trabalhar pela afirmação da existência e pela fixação da profissão de administrador nos campos social, jurídico e econômico nacional.

Para sua implantação, o Ministério do Trabalho criou uma Junta Administrativa, instalada em junho de 1968 sob a presidência do administrador Carlos José Malferrari. A Junta convocou as primeiras eleições. Em 12 de dezembro de 1968, eram eleitos para o então Conselho Regional de Técnicos de Administração, em São Paulo (antigo nome do CRA-SP), os administradores Roberto Carvalho Cardoso, Demócrito Paganelli, Paulo Elysio de Andrade, Fausto Haroldo Ribeiro, Paulo Sampaio, Milton Huppert Monte Carmelo, Marilinda Pereira Nunes, José Maria Rosique Carrion e Antonio Fortino.

No mês seguinte, em 10 de janeiro de 1969, foi realizada a eleição da diretoria executiva, sendo indicado como primeiro presidente Roberto Carvalho Cardoso, tendo como vice-presidente Paulo Sampaio. A primeira reunião ordinária foi realizada duas semanas depois, quando foram estabelecidas as primeiras normas para atuação do Conselho e exame de processos, iniciando-se efetivamente o registro profissional de pessoas físicas e empresas.

Na relação de datas importantes, insere-se a aquisição da primeira sede própria, à Rua Cincinato Braga, 59, em 14 de abril de 1969, bem como a primeira reunião no novo endereço, no dia 7 de julho do mesmo ano, embora a inauguração oficial só ocorresse em 11 de dezembro de 1970.

Crescendo com a profissão, consequência do trabalho de fortalecimento da atividade do administrador, o CRA-SP (já a denominação atual do órgão, Conselho Regional de Administração de São Paulo) concluiu a compra de um novo imóvel à Rua Estados Unidos, 889, sua sede atual. Mais tarde, a sede seria ampliada, com a aquisição de outros imóveis vizinhos, na própria Rua Estados Unidos.

Paralelamente às atividades do Conselho, foram criadas as bases para instalação de uma entidade Sindical. Em 1971, nasceu o Sindicato dos Administradores no Estado de São Paulo - Saesp, que foi o primeiro da categoria no Brasil. 

A atuação em conjunto com o Saesp, em prol do fortalecimento da profissão, levou as duas entidades à obtenção de êxito em muitas empreitadas. Foram, por exemplo, os responsáveis pela organização do 2º Encontro Brasileiro de Administradores, em 1982, em São Paulo, evento que marcou a instituição da homenagem Administrador Emérito, título outorgado anualmente pelo Conselho a uma personalidade que tenha contribuído para a difusão bem como para o prestígio da profissão.

Outro avanço significativo foi obtido em 13 de junho de 1985, com a promulgação da Lei Federal 7321, que alterou a denominação da profissão de Técnico de Administração para Administrador. Questão aparentemente simples, a mudança demandou dez anos de intenso trabalho, que culminou em uma campanha em 1983, coordenada pelo CRA-SP, e que levou ao encaminhamento ao Ministério do Trabalho de manifestações de todas as instituições do País ligadas ao campo da Administração, tais como, universidades, faculdades, associações profissionais, sindicatos, além das assinaturas de milhares de profissionais e do apoio de centenas de Câmaras Municipais.

Como garantia da qualidade e excelência dos serviços de fiscalização, defesa e desenvolvimento da profissão do administrador, o CRA-SP possui, desde setembro de 1998, a certificação ISO 9002, hoje em sua versão 9001:2008. O CRA-SP foi o primeiro dos Conselhos profissionais a obter essa certificação.

 

 

Institucional


2017 © CRA/SP - Todos os direitos reservados. | Sede: Rua Estados Unidos, 889 - Jardim América | CEP: 01427-001 | São Paulo/SP | Tel. (+ 55 11) 3087-3200 / Fax (+55 11) 3087-3256